quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Lutas!



Por Fabrícia Moura

"Porque a nossa luta não é contra a carne ou sangue, mas sim contra principados e postestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal, nas regiões celestes."

Ef. 6:12

Uma das artimanhas do inimigo é a manipulação da nossa mente, lembrando que ele nao pode entrar nela assim como Deus sempre o faz, mas sempre o inimigo joga pensamentos fúteis em nossas vidas. A nossa batalha diária geralmente começa na mente.

Pensamentos desanimadores são os mais frequentes quando se é atacado pelo inimigo, dúvidas da fé, dúvidas quanto ao amor de Deus e o pior, Será que realmente estou Salvo!

Comecei na verdade a escrever esse texto no dia 21 de outubro, estava muito desanimada com minha vida, e triste por me ver da forma como estou. Estou lendo um livro, que me coloca cara a cara com o que sou, e o que tenho pensado ultimamente, e isso tem me entristecido muito porque estou reconhecendo os meus erros.

Porém hoje dia 22/10, entrei no blog da Ana Paula Valadão, e li uma postagem dela, onde ela cita Jeremias 29:11; "Eu é que sei que pensamentos tenho sobre vós, diz o Senhor. Pensamentos de paz e não de mal, para vos dar uma esperança e um futuro”.

Ao mesmo tempo em que lia, o Senhor disse ao meu coração, " Eu não te desprezo pelo que você é ou o que tens feito, só quero que confie no Meu melhor para você", as vezes se torna tão dificil confiar e crer nas promessas de Deus, quando o mundo te cobra que voce tem que ser melhor em tudo, sendo que Deus quer que sejamos melhor para Ele, isso é o que importa.

Eu na verdade iria descrever aqui hoje sobre Batalha Espiritual, mas como sempre Deus mudou rumo das coisas, tenho pensado em mudar a linha de pensamento das minhas postagens, mas o Senhor disse que tenho que descrever as minhas esperiências com Ele, e tudo o que Ele tem feito em mim, através da leitura da palavra e dos livros que leio.

Em certos momentos da vida parece que o mundo vai desabar, que chegamos no fundo do poço, que Deus não nos escuta mais, e que no fundo do poço, abrimos um alçapão e chegamos no fundo do fundo do poço. Mas o que Deus tem me dito essas semanas é, tenha fé! Que possa parecer duro tudo isso, mas é necessário para o nosso crescimento, nossa confiança no amor do Pai e que o nosso futuro já está garantindo para todos aqueles que creêm na Salvação em Cristo Jesus.

"Preciso e posso crer que estas experiências não nos farão mal, mas bem. E oro para que você também, mesmo nos momentos difíceis, possa crer que os planos de Deus, os pensamentos dEle a seu respeito, ainda que aos seus olhos doam, não vão te fazer mal, mas bem, e te darão uma esperança e um futuro." Ana Paula Valadão