quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Ele nao se esquece...



Por Fabrícia Moura

Fiquei durante o dia pensando em alguns fatos que acontecem na minha vida e no mundo também....

Pensei se Deus em toda sua Glória e majestade se preocupasse com a minha vidinha um tanto as vezes fútil!

As vezes me vejo preocupando com tantas coisas pequenas, preocupo-me com o que vou fazer amanhã, o que será da minha vida profissional daqui 10 anos, se vou ter filhos, casar... enfim preocupo-me com tudo aquilo que uma pessoa que NÃO crer em Deus se preocupa...

E hoje veio em meu coração uma passagem de Isaías que custei a achar... (Preciso ler mais a Bíblia)

E depois de uma decepção no trabalho, comecei a me perguntar o porque de tantas coisas acontecerem comigo ao mesmo tempo, perguntei a Deus o que estou fazendo de errado para que tudo acontecesse dessa forma... Veio-me um espírito de decepção, angústia, medo e ira!
Como estou em Cristo e o Espírito Santo habita em mim, Ele disse baixinho em meu consciente:
LUTE! porque isso não vem de MIM!

Decidi então reverter a situação e comecei a engrandecer e a glorificar a Deus, e dizer em meu coração que sou muito mais que Vencedora em Cristo Jesus!

O inimigo (Satanás) usa pequenas coisas para nos tirar do caminho e utiliza qualquer forma para que nao saibamos que Deus nos ama, nos mosta só aquilo que é ruim no mundo, e tenta nos falar de vingança de Deus, Castigo de Deus....

Deus é amor, e o Pai ama a todos, pois somos criaturas Suas. As situações que acontecem no mundo e que tenta desviar nossa atenção, já foram preditas na palavra, aquele que crer em Deus já sabe e somente faz a boa obra e aguarda no Senhor!

Aceitar o amor de Deus, é confiar....
É crer que Nas mãos do Criador estão todos os nossos sonhos e desejos e que Ele lê cada um com carinho, ansioso para que se realize em nossas vidas, pois o Amor do Pai é assim, ver os seus filhos bem, ter a intimidade de cada um deles, sendo fiéis e crendo que Ele é real e que está sempre de braços abertos a nos esperar!

" Acaso, pode uma mulher esquecer-se do filho que ainda mama, de sorte que nao se compadeça do filho do seu ventre? Mas ainda que esta viesse a se esquecer dele, EU, todavia nao esquecerei de ti.
Eis que nas palmas das minhas mãos te gravei..."

Isaías 49:14