quinta-feira, 11 de julho de 2013

Ele está lá!

Por Fabrícia Moura

Há momentos na vida em que pensamos que tudo está por ruir, momentos difíceis, portas que se fecham, a esperança no futuro fica meio "turva", daí você pensa; " vou confiar no Senhor, afinal de contas sou Dele, e os meus projetos e o futuro estão nas mãos de Deus", e alguns dias, semanas, meses e até anos passam e o que você queria ou deseja não é concretizado, e assim começa um sentimento de dúvida, será que Ele está lá?

Penso que a pior sensação do Crente é ver o ímpio prosperar enquanto ele fica ali, orando, jejuando e aguardando em Deus, ver aquele que não tem Cristo como melhor amigo prosperar, seguir a vida, ou até mesmo cair e não se preocupar é um sentimento ruim. Duvidar é ruim porque no fundo da alma algo diz que Ele está lá, as vezes só pedindo pra você ter mais um pouquinho de calma, e você começa a pensar o impensável, pergunta-se o tempo todo o que está fazendo de errado, se as suas orações estão vazias, ou se o joelho no chão tem sentindo.

Quando analiso aquele que não tem o mesmo sentimento de fé que o crente tem, ou que não faz do Senhor seu melhor amigo, vejo que ele pode até cair, mas não se desespera como o crente. Ser crente é crer, é a lógica, mas a maioria é como Pedro quando começa a caminhar por sobre as águas, sabe que o Senhor está ali, mas o temor de afundar é tão grande que o cega impedindo-o de crer que Ele está lá.

As vezes nos tornamos tão meninos mimados com Deus que quando algo acontece, a queda ou perda, passamos a questiona-lo se somos mesmos seus filhos, sendo que a educação é necessária. Todos aqueles na Bíblia que ganharam de Deus o que seu coração desejava e cresceram em seu próprio ego, caíram e faz-se necessário essa queda, porque só ELE é Deus.

Então o problema não está na prosperidade do ímpio ou dos que não tem Jesus como melhor amigo e salvador, o problema está na mania do crente em achar que tudo é pra ele. Para aquele que crê o Galardão é na eternidade, o segredo é ter calma e esperar, confiar na bondade do Altíssimo, e aprender que como crianças somos e nem tudo é nos dado porque Ele não quer nos perder. 

A maior verdade é que Ele está lá, caminhando ainda pelo jardim na viração do dia, sonhando e principalmente aguardando a nossa volta para com Ele estar, nos dando força e fé para o grande dia, nos mostrando que um bom Pai educa e mostra o verdadeiro caminho, é só esperar só mais pouquinho, que em meio as dificuldades e aflições uma porta se abrirá nos dando a certeza que Ele sempre esteve lá, é só uma questão de fé, pequena fé.

Se tivésseis fé do tamanho de um grão de mostarda, direis a esta amoreira: Desgarra-te daqui e planta-te no mar; e ela vos obedeceria. Lc. 17:6

Referências:
www.bibliaonline.com.br